Professores ameaçam greve contra reabertura das escolas em SP

De acordo com o sindicato dos docentes da rede estadual, a Apeoesp, a categoria não deve voltar aos trabalhos até ela seja toda vacinada

Rede estadual de São Paulo
Rede estadual de São Paulo (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Professores da rede pública de São Paulo ameaçam entrar em greve para evitar o retorno presencial às escolas. De acordo com o sindicato dos docentes da rede estadual, a Apeoesp, a categoria não deve voltar aos trabalhos até ela seja toda vacinada. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

O Sinpeem representa os professores do município e informou que retornará aos trabalhos apenas com a vacina ou com a comprovação da segurança de cada unidade escolar.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu que a volta às aulas será no dia 4 de fevereiro e terá obrigatoriamente carga horária presencial, com rodízio de alunos.

A gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) não definiu se o retorno será presencial ou a distância.

Apenas na cidade de São Paulo, quase 99% das escolas municipais e 48% das estaduais, que atendem 1,5 milhão de crianças, estão fechadas desde o fim de março.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email