Protestos contra reforma da Previdência ocupam o centro do Rio

Duas manifestações contra a reforma da Previdência Social, em vias do centro do Rio, provocam reflexos no trânsito da cidade. Integrantes da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist) fizeram uma passeata da Avenida Brasil até a Avenida Presidente Vargas, onde bloquearam as pistas no sentido centro da cidade; o protesto deixou o trânsito lento na Avenida Brasil, principal via de ligação entre as zonas norte e oeste com o centro da cidade

Duas manifestações contra a reforma da Previdência Social, em vias do centro do Rio, provocam reflexos no trânsito da cidade. Integrantes da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist) fizeram uma passeata da Avenida Brasil até a Avenida Presidente Vargas, onde bloquearam as pistas no sentido centro da cidade; o protesto deixou o trânsito lento na Avenida Brasil, principal via de ligação entre as zonas norte e oeste com o centro da cidade
Duas manifestações contra a reforma da Previdência Social, em vias do centro do Rio, provocam reflexos no trânsito da cidade. Integrantes da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist) fizeram uma passeata da Avenida Brasil até a Avenida Presidente Vargas, onde bloquearam as pistas no sentido centro da cidade; o protesto deixou o trânsito lento na Avenida Brasil, principal via de ligação entre as zonas norte e oeste com o centro da cidade (Foto: Leonardo Lucena)

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Duas manifestações contra a reforma da Previdência Social, em vias do centro do Rio de Janeiro, provocam reflexos no trânsito da cidade. Integrantes da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist) fizeram, na manhã de hoje (15), uma passeata da Avenida Brasil até a Avenida Presidente Vargas, onde bloquearam as pistas no sentido centro da cidade.

O protesto deixou o trânsito lento na Avenida Brasil, principal via de ligação entre as zonas norte e oeste com o centro da cidade. Também houve reflexos na Ponte Rio-Niterói. Neste momento, a via tem trânsito intenso no sentido Rio de Janeiro. A travessia, que normalmente dura 13 minutos, está sendo feita em 20 minutos.

Os portuários fazem um protesto na Avenida Rio de Janeiro, em frente à entrada do porto do Rio de Janeiro. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, há reflexos nas avenidas Francisco Bicalho, Binário e Via Expressa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247