PSDB vai expulsar chefe do “mensalão de Itaguaí”

Considerado há poucos meses como promessa no PSDB, prefeito de Itaguaí, Luciano Mota, será expulso pelo partido; motivo é a Operação Gafanhoto, deflagrada pela Polícia Federal no dia 18, que o acusa de chefiar uma quadrilha que desviava ao menos R$ 10 milhões por mês da Prefeitura de Itaguaí; delegado da PF Hylton Coelho, que comanda as investigações, diz que havia "uma espécie de mensalão" para ao menos 13 vereadores: "Ele [prefeito] é o chefe do esquema"

Itaguaí, Luciano Mota
Itaguaí, Luciano Mota (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News

Rio 247 - O PSDB irá expulsar de seus quadros o prefeito de Itaguaí, Luciano Mota, 32 anos, até poucos meses considerado uma promessa do partido. Informação é da Folha de S. Paulo.

Luciano Mota foi acusado pela Polícia Federal de chefiar uma quadrilha que desviava ao menos R$ 10 milhões por mês da Prefeitura de Itaguaí. A Operação Gafanhoto da PF, deflagrada na quinta-feira, 18, na Prefeitura, foi comemorada com fogos pelos moradores. Em setembro policiais já haviam apreendido uma Ferrari que Mota usava para passear no Rio.

O esquema envolvia fraudes em licitação e nomeação de fantasmas. As investigações da PF apontaram que a quadrilha envolve três secretários municipais - Turismo, Transporte e Assuntos Extraordinários - e um gerente de empresa de coleta de lixo.

O delegado Hylton Coelho diz que havia "uma espécie de mensalão" para ao menos 13 vereadores: "Ele [prefeito] é o chefe do esquema".

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email