PT protocola na Alesp pedido de cassação do deputado Mamãe Falei

Líder do PT, Teonilio Barba, protocolou nesta terça-feira, 17, no Conselho de Ética da Alesp, pedido de cassação do mandato do deputado Arthur do Val, o Mamãe Falei, por quebra de decoro parlamentar. Ele chamou servidores de "vagabundos" e provocou confusão na Casa

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo, Teonilio Barba, protocolou nesta terça-feira, 17, no Conselho de Ética da Alesp, pedido de cassação do mandato do deputado Arthur do Val, o Mamãe Falei, por quebra de decoro parlamentar. 

“O PT não reivindica exclusividade na representação de trabalhadores e servidores públicos, mas nos sentimos particularmente atingidos pelos vitupérios proferidos pelo deputado Arthur do Val”, diz Barba. 

O líder refere-se ao pronunciamento feito no dia 4 de dezembro por Arthur do Val – deputado eleito pelo DEM, expulso e hoje sem partido, expulso –, em sessão extraordinária que discutia a Reforma da Previdência dos trabalhadores públicos do Estado. Arthur do Val ocupou a tribuna, dirigindo-se de forma desrespeitosa aos servidores públicos que acompanhavam a discussão de projeto.

Como se pode ouvir na transmissão feita pela Rede Alesp, o deputado Arthur do Val usou 11 vezes a expressão vagabundo, dirigindo-se aos servidores públicos presentes na galeria. Não satisfeito com os insultos, o deputado ainda usava palavras chulas de deboche e lançava provocações, incitando manifestações de violência.

“Cidadãos, servidores públicos, dirigentes sindicais foram insultados e provocados. É inaceitável convivermos com um parlamentar que ofende e agride e que tem, nas suas manifestações de ódio, seu único argumento”, avalia o deputado Teonilio Barba.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247