Rede municipal de hospitais de SP já tem mesma tendência de alta de internações por Covid-19 dos hospitais privados

Depois de queda nas taxas de internações por coronavírus em setembro e outubro, seguida de estabilização, a curva mudou e. na última semana apresentou forte alta de quase 10% em São Paulo

(Foto: Flavio Lo Scalzo - Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A tendência de aumento de internações por Covid 19 registrada em alguns hospitais privados de São Paulo começou a ser registrada também na rede pública municipal nesta última semana, informa a jornalista Cláudia Collucci, na Folha de S.Paulo. Entre setembro e meados de outubro houve uma tendência de queda, depois ocorreu estagnação, mas nos últimos dias foi observada a alta de internações- ainda não está claro se já é a segunda onda do coronavírus.

Segundo a Info Tracker, ferramenta desenvolvida por pesquisadores da Unesp e da USP que monitora o avanço da pandemia no estado, entre 7 e 13 de novembro hospitais municipais de São Paulo tiveram alta de 9% nas internações (de 556 para 604). Além do aumento das internações, observa-se também uma alta de 50% de casos suspeitos e da taxa de aceleração do contágio do coronavírus.

Os dados vêm dos boletins epidemiológicos municipais e são processados por meio de modelagem matemática e inteligência artificial.

“Não é uma pequena oscilação. É uma alta consolidada, que envolve uma análise desde agosto. Pode ser um indício de que vamos acabar emendando [uma onda da Covid com a outra]”, diz Wallace Casaca, professor da Unesp.

Em relação às internações na capital, ele afirma que. “Não está aumentando muito ainda, mas os gráficos já mostram essa tendência [de alta]”, explica.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247