Rio anuncia flexibilização gradual das medidas restritivas a partir de 2 de setembro

A primeira etapa da flexibilização, que terá início em 2 de setembro, prevê a reabertura de estádios e boates com 50% da capacidade. Uma celebração de 4 dias está programada para 2 a 5 de setembro

Eduardo Paes
Eduardo Paes (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Prefeitura do Rio anunciou nesta quinta-feira (29) um plano de flexibilização das medidas restritivas impostas para conter o avanço da pandemia da Covid-19. 

A primeira etapa, que terá início em 2 de setembro, prevê a reabertura de estádios e boates com 50% da capacidade. Uma celebração de 4 dias está programada para 2 a 5 de setembro.

Em 17 de outubro, estádios poderão funcionar com 100% do público, mas apenas com pessoas que já tenham sido completamente imunizadas. 

PUBLICIDADE

Em 15 de novembro, o uso de máscaras de proteção passará a ser obrigatório somente no transporte público e em unidades de saúde.  

“Se houver necessidade, se o secretário de Saúde chegar para mim um dia e falar que não dá porque aumentou ou chegou uma nova variante, imediatamente a gente interrompe qualquer processo de abertura e pode impor novas medidas restritivas (…) Tudo indica, nesse momento, os dados, internações, óbitos, que a gente vive um momento melhor. Não é um momento ideal ainda, por isso as restrições continuam e a abertura é gradual”, disse o prefeito Eduardo Paes (PSD). (Com informações do Antagonista). 

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email