Rio já estuda protocolo com critério de escolha para atendimento: idosos vão para o fim da fila

Os mais jovens, com até 60 anos, ganharão uma vaga antes dos que têm entre 61 e 80 anos. Os acima dos 80 ficarão por último na disputa por leito

(Foto: Fernando Frazão - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - O estado do Rio de Janeiro já estuda critérios para escolher quais doentes terão direito a uma vaga em UTI e, consequentemente, a respiradores. Um protocolo técnico está em análise, com o objetivo de tirar o peso da escolha dos ombros dos médicos.

Serão analisadas as condições de seis órgãos e atribuídas notas ao seu funcionamento, de 0 (boa) a 24 (péssima). Quanto menor a nota, mais chances o doente terá de conseguir um leito.

Leia a íntegra na Fórum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247