Rio transfere 17 presos para fora do estado

Dezessete presos, entre chefes de facções de criminosas e um miliciano, estão sendo transferidos do complexo penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio, para presídios fora do Rio; os detentos são considerados alguns dos criminosos mais perigosos do Rio; a transferência faz parte do plano de segurança do estado para a Olimpíada; investigadores descobriram que eles davam ordens de dentro da cadeia para as quadrilhas do lado de fora

Dezessete presos, entre chefes de facções de criminosas e um miliciano, estão sendo transferidos do complexo penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio, para presídios fora do Rio; os detentos são considerados alguns dos criminosos mais perigosos do Rio; a transferência faz parte do plano de segurança do estado para a Olimpíada; investigadores descobriram que eles davam ordens de dentro da cadeia para as quadrilhas do lado de fora
Dezessete presos, entre chefes de facções de criminosas e um miliciano, estão sendo transferidos do complexo penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio, para presídios fora do Rio; os detentos são considerados alguns dos criminosos mais perigosos do Rio; a transferência faz parte do plano de segurança do estado para a Olimpíada; investigadores descobriram que eles davam ordens de dentro da cadeia para as quadrilhas do lado de fora (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - Dezessete presos, entre chefes de facções de criminosas e um miliciano, estão sendo transferidos do complexo penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio, para presídios fora do Rio na tarde desta sexta-feira (22). Os detentos são considerados alguns dos criminosos mais perigosos do Rio. A transferência faz parte do plano de segurança do estado para a Olimpíada. Investigadores descobriram que eles davam ordens de dentro da cadeia para as quadrilhas do lado de fora.

Ao todo, 70 homens do choque saíram do 14º BPM (Bangu), ao lado do complexo penitenciário, para buscar os presos. Foram dezoito carros, dois deles com os detentos, além de dez batedores acompanhando a operação, realizada no final da manhã

Um avião da Polícia Federal fez a transferência dos criminosos para os presídios de Catanduvas, no Paraná, Mossoró no Rio Grande do Norte, e Porto Velho, em Rondônia. Há exatamente um mês outros 15 presos de Bangu já tinham sido transferidos para fora do estado.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247