Rocinha e Manguinhos têm 8 mortes causadas pelo coronavírus: são as primeiras em favelas no Rio

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou nesta quarta-feira (8) as primeiras mortes nas comunidades da Rocinha, na Zona Sul, e em Manguinhos, na Zona Norte, causadas pelo coronavírus

Favela da Rocinha
Favela da Rocinha (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Na Rocinha cinco pessoas morreram em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus. Em Manguinhos foram registradas três mortes.

A secretaria disse, segundo publicou o portal G1, que outros seis moradores da Rocinha testaram positivo. A pasta não informou quando ocorreram os óbitos na comunidade nem detalhou os nomes e as idades dos pacientes, mas informou que dois dos mortos tinham mais de 60 anos, e os outros três, entre 40 e 59 anos.

Em Manguinhos, os pacientes mortos são dois homens e uma mulher, todos com idade entre 50 e 59 anos. Já dois jovens tiveram sintomas respiratórios graves e testaram positivo para a doença.

De acordo com o último balanço das autoridades divulgado nesta terça-feira (7), o Rio de Janeiro tem confirmadas 89 mortes e 1.688 casos da doença.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email