Romário nega conta na Suíça após áudio de Delcídio

Senador Delcídio Amaral (PT-MS) disse em gravação que Romário (PSB-RJ) tem conta na Suíça, apesar de o próprio banco em que ele supostamente teria mantido dinheiro já ter negado, fruto de um acordo político para que o ex-jogador apoiasse a candidatura do escolhido do prefeito Eduardo Paes para sucedê-lo, o secretário Pedro Paulo; afirmou ainda que ele foi orientado a fechar a conta para não ser preso; “Galera, sobrou de novo para mim. Está brabo o negócio”, rebateu o senador do PSB

Senador Delcídio Amaral (PT-MS) disse em gravação que Romário (PSB-RJ) tem conta na Suíça, apesar de o próprio banco em que ele supostamente teria mantido dinheiro já ter negado, fruto de um acordo político para que o ex-jogador apoiasse a candidatura do escolhido do prefeito Eduardo Paes para sucedê-lo, o secretário Pedro Paulo; afirmou ainda que ele foi orientado a fechar a conta para não ser preso; “Galera, sobrou de novo para mim. Está brabo o negócio”, rebateu o senador do PSB
Senador Delcídio Amaral (PT-MS) disse em gravação que Romário (PSB-RJ) tem conta na Suíça, apesar de o próprio banco em que ele supostamente teria mantido dinheiro já ter negado, fruto de um acordo político para que o ex-jogador apoiasse a candidatura do escolhido do prefeito Eduardo Paes para sucedê-lo, o secretário Pedro Paulo; afirmou ainda que ele foi orientado a fechar a conta para não ser preso; “Galera, sobrou de novo para mim. Está brabo o negócio”, rebateu o senador do PSB (Foto: Roberta Namour)

247 – Uma suposta conta na Suíça em nome do senador Romário (PSB-RJ) foi citada em conversa gravada entre o senador Delcídio Amaral (PT-MS) e o advogado Edson Ribeiro, que defendia o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Segundo o parlamentar, o ex-jogador tem conta na Suíça, apesar de o próprio banco em que ele supostamente teria mantido dinheiro já ter negado. Disse que a revelação da conta, feita pela revista “Veja", foi fruto de um acordo político para que Romário apoiasse a candidatura do escolhido do prefeito Eduardo Paes para sucedê-lo, o secretário Pedro Paulo. E que ele foi orientado a fechar a conta para não ser preso.

Romário voltou a negar o caso, assim como o prefeito. “Galera, sobrou de novo para mim. Está brabo o negócio”, diz o senador do PSB. Paes afirmou, por nota, que “o próprio órgão de imprensa que veiculou a existência de uma suposta conta do senador Romário na Suíça já desmentiu a informação e admitiu o erro’’.

Leia aqui reportagem de Eduardo Bresciani sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247