Secretário da Saúde de São Paulo reconhece subnotificação de Covid-19

Segundo o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann. "80% dos pacientes não se faz nada com eles, não existe tratamento, não é feito tratamento ou investigação... Então não tem essa notificação"

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Secretaria de Saúde de São Paulo admitiu que continua notificando apenas casos graves de Covid-19 e casos entre profissionais de saúde, que significa dizer que existem casos de subnotificados que podem comprometer a tomada de decisões sobre a doença. São Paulo tem nesta quarta-feira 428 mortes e 6.708 casos notificados da doença.

"É algo que ocorreu no mundo inteiro. 80% dos pacientes não se faz nada com eles, não existe tratamento, não é feito tratamento ou investigação. Pode passar no médico, faz uma consulta e fica por isso mesmo. Então não tem essa notificação", disse o secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann.

Reportagem da CNN Brasil revelou que pelo menos 37 postos de saúde da cidade de São Paulo não notificando o Ministério da Saúde sobre novos casos do novo coronavírus. 

A informação é baseada em e-mails internos da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e de uma organização social de saúde, chamada Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (Cejam), que é responsável pela gestão dessas unidades públicas de saúde. 

O Ministério Público de Contas e a Promotoria de Direitos Humanos do Ministério Público do Estado de São Paulo manifestaram-se contra a decisão da pasta. A Promotoria instaurou inquérito para investigar a orientação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email