Segundo o Ibope, em SP auxílio emergencial não afeta aprovação de Bolsonaro

Pesquisas nacionais de opinião pública mostraram que o auxílio emergencial ajudou Jair Bolsonaro a melhorar a sua popularidade. No entanto, isso não aconteceu na cidade de São Paulo. No universo dos entrevistados, Bolsonaro é considerada bom ou ótimo por 27% e ruim ou péssimo por 48%. No grupo que afirma ter recebido o auxílio, as opiniões são iguais

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Pesquisas nacionais de opinião pública recentemente mostraram que o auxílio emergencial pago pelo governo a desempregados e trabalhadores informais ajudou Jair Bolsonaro a melhorar a sua popularidade. No entanto, isso não aconteceu na cidade de São Paulo, onde não há diferenças significativas na aprovação entre quem recebeu e quem não recebeu o benefício. A reportagem é do jornal O Estado de S. Paulo. 

A primeira da série de pesquisas Ibope/Estadão/TV Globo revela que, no total do universo dos entrevistados, Bolsonaro é considerada bom ou ótimo por 27% e ruim ou péssimo por 48%. No grupo que afirma ter recebido o auxílio – que chega a cerca de 40% do todo –, as opiniões são praticamente iguais, onde 29% veem o governo como bom ou ótimo e 45% como ruim ou péssimo, acrescenta a reportagem. 

A aprovação e desaprovação ao governo Bolsonaro praticamente não variaram desde março deste ano na capital paulista, quando a pandemia da Covid-19 ainda estava em sua fase inicial no Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247