Sequestrador de ônibus no Rio era vigilante e não tinha antecedentes criminais

O autor do sequestro foi identificado como William Augusto Nascimento, de 20 anos, que trabalhava como vigilante e não tinha antecedentes criminais; sequestrador foi morto por um atirador de elite após manter 37 pessoas como reféns dentro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - O autor do sequestro foi identificado como William Augusto Nascimento, de 20 anos, que trabalhava como vigilante e não tinha antecedentes criminais.

O sequestrador foi morto por um atirador de elite após manter 37 pessoas como reféns dentro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói.

Após a operação policial, o porta-voz da PM informou que o sequestrador estava com uma arma de brinquedo e ameaçava colocar fogo no ônibus. Todos os passageiros foram libertados sem ferimentos.

Após a morte de William Augusto e a liberação de todos os reféns, o governador do estado, Wilson Witzel, chegou à ponte de helicóptero, e desceu saltando e comemorando a morte do sequestrador.

O presidente Jair Bolsonaro também se manifestou sobre o sequestro do ônibus na Ponte Rio-Niterói parabenizando os policiais do Rio de Janeiro pela ação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247