Servidores do TJ e do MP devem receber nesta sexta

O Estado do Rio deve pagar nesta sexta-feira (29) os salários de ativos e inativos do Tribunal de Justiça com R$ 244,4 milhões e para ativos e inativos do Ministério Público salários com R$ 63,1 milhões; a Secretaria de Fazenda informou que foram confiscados R$ 49 milhões da conta única do estado para pagamento de pessoal; de acordo com o governo, esse dinheiro foi obtido arrecadação de impostos que entrou nos últimos dias e que, por decisão judicial, serão usados para pagar os salários dos servidores da Defensoria Pública Estadual

O Estado do Rio deve pagar nesta sexta-feira (29) os salários de ativos e inativos do Tribunal de Justiça com R$ 244,4 milhões e para ativos e inativos do Ministério Público salários com R$ 63,1 milhões; a Secretaria de Fazenda informou que foram confiscados R$ 49 milhões da conta única do estado para pagamento de pessoal; de acordo com o governo, esse dinheiro foi obtido arrecadação de impostos que entrou nos últimos dias e que, por decisão judicial, serão usados para pagar os salários dos servidores da Defensoria Pública Estadual
O Estado do Rio deve pagar nesta sexta-feira (29) os salários de ativos e inativos do Tribunal de Justiça com R$ 244,4 milhões e para ativos e inativos do Ministério Público salários com R$ 63,1 milhões; a Secretaria de Fazenda informou que foram confiscados R$ 49 milhões da conta única do estado para pagamento de pessoal; de acordo com o governo, esse dinheiro foi obtido arrecadação de impostos que entrou nos últimos dias e que, por decisão judicial, serão usados para pagar os salários dos servidores da Defensoria Pública Estadual (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O Estado do Rio deve pagar nesta sexta-feira (29) os salários de ativos e inativos do Tribunal de Justiça com R$ 244,4 milhões e para ativos e inativos do Ministério Público salários com R$ 63,1 milhões.

A Secretaria de Fazenda informou, nessa quinta-feira (28), que foram confiscados R$ 49 milhões da conta única do estado para pagamento de pessoal. De acordo com o governo, esse dinheiro foi obtido arrecadação de impostos que entrou nos últimos dias e que, por decisão judicial, serão usados para pagar os salários dos servidores da Defensoria Pública Estadual.

Em janeiro, o juiz da 8ª Vara de Fazenda Pública do Rio, Leonardo Grandmasson Ferreira Chaves, determinou que o governo estadual pague a todos os servidores (ativos, inativos e pensionistas) até o dia 30, inclusive os servidores do Judiciário.

Aposentados e pensionistas do Rio tiraram a quinta-feira (28) para ir ao banco e aos estabelecimentos comerciais com o objetivo de pagar as contas em atraso no dia seguinte ao pagamento por parte do estado dos salários em atraso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email