Subsecretário de Witzel é preso em ação contra casal Garotinho

O subsecretário Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do governador Wilson Witzel (PSC) no Rio, Sergio dos Santos Barcelos, foi preso durante operação do MP-RJ que prendeu os ex-governadores Anthony Garotinho (sem partido) e Rosinha Garotinho (Patriota)

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

247 - O subsecretário Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do governador Wilson Witzel (PSC) no Rio, Sergio dos Santos Barcelos, foi preso nesta terça-feira (3) durante operação do Ministério Público (MP-RJ) que prendeu os ex-governadores Anthony Garotinho (sem partido) e Rosinha Garotinho (Patriota), além de outras duas pessoas suspeitas de participarem de um esquema de superfaturamento de contratos contratos Prefeitura de Campos com a construtora Odebrecht.

Barcelos trabalhou na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), onde foi chefe de gabinete da liderança do PSL na Casa, ocupada pelo deputado Gil Vianna (PSL). O salário de Sergio era de R$ 6.856,30 brutos. Ele deixou o cargo no final de junho.

O subsecretário também integrou a Coordenadoria de Artes Cênicas da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, na gestão de Witzel.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247