Teixeira defende ação popular contra fundo da Lava Jato

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) defendeu uma ação popular contra o fundo da Operação Lava Jato avaliado em R$ 2,5 bilhões. "Cabe ação popular para cobrar os prejuízos dos procuradores que criaram o fundo. Contestado, fundo da Lava Jato traz risco de prejuízo público de R$ 22 milhões", disse

247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) defendeu uma ação popular contra o fundo da Operação Lava Jato avaliado em R$ 2,5 bilhões. 

"Cabe ação popular para cobrar os prejuízos dos procuradores que criaram o fundo.  Contestado, fundo da Lava Jato traz risco de prejuízo público de R$ 22 milhões", disse o parlamentar no Twitter.

O fundo é resultado de um acordo entre a Petrobrás e os Estados Unidos e corre sério risco de gerar prejuízos ao poder público porque sofre oscilações com a variação cambial. A única correção é dada pela Selic, a taxa básica de juros da economia que está em 6,5% ao ano. De 30 de janeiro, quando o dinheiro entrou na conta da Caixa Econômica, até sexta (14), houve desvalorização de R$ 22,4 milhões do valor principal. A estimativa computa a diferença entre a alta do dólar no período e a remuneração dada pelo banco. Se o acordo fosse desfeito agora, além de devolver o montante inicial, o Brasil teria de arcar com a diferença. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247