Teixeira: indicação de testemunhas por Moro enseja anulação da condenação de Lula

"Reportagem da revista Veja comprova que Moro indicou testemunhas contra o presidente Lula para Dallagnol. Testemunhas confirmam que foram procuradas. Esse fato enseja a anulação da condenação do presidente Lula", afirmou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP)

(Foto: Luis Macedo - Câmara)

247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) defendeu a anulação do processo que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

"Reportagem da revista Veja comprova que Moro indicou testemunhas contra o presidente Lula para Dallagnol. Testemunhas confirmam que foram procuradas. Esse fato enseja a anulação da condenação do presidente Lula", escreveu o parlamentar no Twitter. 

Após fazer uma parceria com o jornalista Glenn Greenwald, do Intercept Brasil, a revista Veja revela duas testemunhas que foram sugeridas pelo ex-juiz Sergio Moro ao procurador Deltan Dallagnol para atacar o ex-presidente Lula.

De acordo com um trecho da reportagem, "das muitas mensagens trocadas entre o então juiz e o procurador , o chefe da força-tarefa da Lava-Jato, a mais comprometedora até o momento é a que mostra Moro passando ao procurador a dica de duas testemunhas que teriam informações relevantes sobre negócios envolvendo a família do ex-presidente Lula".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247