Teixeira: ódio e ressentimentos não contribuem para governar o Brasil

"Reprovação do presidente sobe de 33 para 38% dos brasileiros, que percebem a sua incapacidade de governar o país. É o mais mal avaliado dos presidentes em primeiro mandato, conforme o Datafolha. Ódio e ressentimentos não contribuem para governar o Brasil", afirmou deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP)

(Foto: Will Shutter - Câmara)

247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) alertou para a "incapacidade" de Jair Bolsonaro governar o País. De acordo com De acordo com o levantamento, a reprovação dele aumentou cinco pontos percentuais desde julho.

"Reprovação do presidente sobe de 33 para 38% dos brasileiros, que percebem a sua incapacidade de governar o país. É o mais mal avaliado dos presidentes em primeiro mandato, conforme o Datafolha. Ódio e ressentimentos  não contribuem para governar o Brasil", escreveu a parlamentar no Twitter.

A popularidade de Bolsonaro aumentou mesmo entre os mais ricos, com renda mensal acima de 10 salários mínimos. O percentual caiu de 52% em julho para 37%.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247