Teleférico do Alemão é fechado por falta de pagamento

O teleférico do Complexo de favelas do Alemão, na zona norte do Rio, permanecerá fechado por tempo indeterminado; o sistema de bondes, que liga a estação ferroviária de Bonsucesso a vários pontos do complexo, já estava fechado há cerca de um mês para manutenção; a concessionária Rio Teleféricos pediu a suspensão do contrato de operação do sistema porque está sem receber as verbas do governo do estado desde abril

Foto: Renato Moura
Foto: Renato Moura (Foto: Gisele Federicce)

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O teleférico do Complexo de favelas do Alemão, na zona norte do Rio, permanecerá fechado por tempo indeterminado. O sistema de bondes, que liga a estação ferroviária de Bonsucesso a vários pontos do complexo, já estava fechado há cerca de um mês para manutenção.

A concessionária Rio Teleféricos pediu a suspensão do contrato de operação do sistema porque está sem receber as verbas do governo do estado desde abril. Segundo a Secretaria Estadual de Transportes, devido ao agravamento da crise financeira, a prioridade do governo tem sido o pagamento dos funcionários, com os demais pagamentos sendo feitos apenas se houver recursos.

Os usuários se queixam da paralisação do serviço. "Está sendo muito difícil, porque na ida e vinda com criança da escola tem [que transpor] um morro enorme", disse Severina do Ramo, moradora do complexo.

O teleférico foi inaugurado em 2011 e, desde março deste ano, estava sendo administrado pela Rio Teleféricos. O sistema foi fechado no mês passado para manutenção e havia a previsão de ficar parado por seis meses.

*Colaborou Lígia Souto – repórter do Radiojornalismo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247