Tiros em janelas durante panelaço são investigados pela Polícia Civil de São Paulo

Os panelaços contra Bolsonaro estão com alta taxa de adesão na capital paulista, o que não impede que ainda haja defensores do presidente que rechaçam os protestos. Tiros foram dados nas janelas das casas em Perdizes durante a manifestação e a polícia civil investiga

Vidro quebrado por tiro
Vidro quebrado por tiro (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia investiga a autoria de disparos em direção de janelas de apartamentos em Perdizes (zona oeste de São Paulo) durante panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "moradores do bairro registraram dois boletins de ocorrência relatando tiros contra suas residências. No dia 25 de março, um projétil atingiu um prédio na rua Wanderley e no dia 31 ocorreram dois disparos contra janelas de um apartamento na rua Iperoig."

A matéria ainda informa que "a Secretaria de Segurança Pública do Estado disse, em nota, que o 23º Distrito Policial, em Perdizes, “investiga duas ocorrências de disparo de armas de pressão que atingiram dois edifícios” e que “foram solicitados exames periciais, que estão em elaboração, para determinar a origem e trajetória dos disparos”."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247