Tiroteios causam caos na Linha Amarela após morte de 3 pessoas no Rio

Após a morte de três suspeitos em confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira (31) na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, barricadas foram colocadas em forma de protesto na Linha Amarela, causando interdições na via desde as 11h por conta da operação policial e dos tiroteios; secretário de segurança Roberto Sá lamentou o tiroteio na Cidade de Deus ao particiar de uma conferência na Federação de Indústrias do Rio de Janeiro

Após a morte de três suspeitos em confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira (31) na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, barricadas foram colocadas em forma de protesto na Linha Amarela, causando interdições na via desde as 11h por conta da operação policial e dos tiroteios; secretário de segurança Roberto Sá lamentou o tiroteio na Cidade de Deus ao particiar de uma conferência na Federação de Indústrias do Rio de Janeiro
Após a morte de três suspeitos em confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira (31) na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, barricadas foram colocadas em forma de protesto na Linha Amarela, causando interdições na via desde as 11h por conta da operação policial e dos tiroteios; secretário de segurança Roberto Sá lamentou o tiroteio na Cidade de Deus ao particiar de uma conferência na Federação de Indústrias do Rio de Janeiro (Foto: Aquiles Lins)

Sputnik Brasil - Intensa troca de tiros causa pânico na tarde desta quarta-feira (31) na Linha Amarela, no Rio de Janeiro, após a morte de 3 pessoas na Cidade de Deus.

Após a morte de três suspeitos em confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira (31) na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, barricadas foram colocadas em forma de protesto na Linha Amarela, causando interdições na via desde as 11h por conta da operação policial e dos tiroteios.

Pessoas chegaram a abandonar seus veículos e saíram correndo para se proteger das trocas de tiro na Linha Amarela. Além disso, um ônibus bateu em um poste após tentar desviar do tiroteio, o que causou interrupções no fornecimento de energia em ruas do Jacarepaguá.

O secretário de segurança Roberto Sá lamentou o tiroteio na Cidade de Deus ao particiar de uma conferência na Federação de Indústrias do Rio de Janeiro.

"É lamentável, mas é uma imagem contra a qual a gente luta todos os dias, de formas que as instituições possam dar respostas para diminuir esse cenário", disse o secretário.

Após ser interditada várias vezes, a Linha Amarela foi reaberta nos dois sentidos por volta das 13h.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247