Torcedor do Botafogo personaliza cadeira no Nilton Santos com ‘Fora, Temer’

Definitivamente, o futebol não é mais o “ópio do povo”; prova disso foi dada no Estádio Nilton Santos, no Rio, administrado pelo Botafogo; um torcedor do glorioso aderiu ao plano de customização do Niltão, que dá direito a colocar o nome na cadeira por R$ 50,00; de maneira inusitada o torcedor mandou personalizar com os seguintes dizeres: “Anderson ‘Fora, Temer’ Dantas”; ou seja, o amor ao clube serviu para Anderson demonstrar a sua insatisfação com o rumo que tem sido dado ao país pelo ‘mordomo de filme de terror de quinta categoria’

Definitivamente, o futebol não é mais o “ópio do povo”; prova disso foi dada no Estádio Nilton Santos, no Rio, administrado pelo Botafogo; um torcedor do glorioso aderiu ao plano de customização do Niltão, que dá direito a colocar o nome na cadeira por R$ 50,00; de maneira inusitada o torcedor mandou personalizar com os seguintes dizeres: “Anderson ‘Fora, Temer’ Dantas”; ou seja, o amor ao clube serviu para Anderson demonstrar a sua insatisfação com o rumo que tem sido dado ao país pelo ‘mordomo de filme de terror de quinta categoria’
Definitivamente, o futebol não é mais o “ópio do povo”; prova disso foi dada no Estádio Nilton Santos, no Rio, administrado pelo Botafogo; um torcedor do glorioso aderiu ao plano de customização do Niltão, que dá direito a colocar o nome na cadeira por R$ 50,00; de maneira inusitada o torcedor mandou personalizar com os seguintes dizeres: “Anderson ‘Fora, Temer’ Dantas”; ou seja, o amor ao clube serviu para Anderson demonstrar a sua insatisfação com o rumo que tem sido dado ao país pelo ‘mordomo de filme de terror de quinta categoria’ (Foto: Voney Malta)

Rio 247 – Rejeitado por quase todos os brasileiros, investigado por suspeita de recebimento de propina, assim como vários dos seus ministros, o presidente Michel Temer é motivo de protesto em todos os setores da sociedade brasileira, inclusive, quem diria, até no futebol. Nos últimos dias foi registrado um protesto criativo no Rio de Janeiro.

Detentor do contrato de administração do Estádio Nilton Santos junto à Prefeitura do Rio, o botafogo lançou, no início deste ano, um programa para customizar todas as cadeiras. Para tanto, bastava ao torcedor pagar R$ 50,00 para ter o seu nome colocado numa cadeira, o que se revelou em um imenso sucesso.

De maneira inusitada, um torcedor do glorioso personalizou a sua cadeira com os seguintes dizeres: “Anderson ‘Fora, Temer’ Dantas”. Ou seja, o amor ao glorioso também serviu para um cidadão demonstrar o seu engajamento político com os rumos que o ‘o mordomo de filme de terror de quinta categoria’ vem dando ao país.

Definitivamente, o futebol não é o “ópio do povo”.

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247