Trabalhadores da saúde mental divulgam manifesto em apoio a Boulos e a Erundina

"Trata-se de apoiar um programa que expressa compromisso com os direitos dos que mais sofrem com os descaminhos econômicos e políticos", afirmaram trabalhadores da saúde mental em apoio à chapa formada por Guilherme Boulos e Luiza Erundina, ambos do PSOL, na disputa pela Prefeitura de São Paulo

Guilherme Boulos e Luiza Erundina
Guilherme Boulos e Luiza Erundina (Foto: Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Trabalhadores da saúde mental divulgaram, neste sábado (14), um manifesto em apoio à chapa formada por Guilherme Boulos (PSOL) e Luiza Erundina (PSOL) na disputa para a Prefeitura de São Paulo. O teor do documento foi divulgada pela Carta Capital

"Particularmente para nós, temos certeza que a atenção à saúde, particularmente à saúde mental, estarão nas prioridades desta Administração Boulos/Erundina, em resposta inclusive ao adoecimento psíquico e sofrimento de uma população agredida pelas difíceis condições de sobrevivência, pelo impacto brutal da pandemia e pela insanidade governamental no enfrentamento da pior crise econômica, social, ambiental e sanitária de nosso tempo", diz o texto. 

"Trata-se de apoiar um programa que expressa compromisso com os direitos dos que mais sofrem com os descaminhos econômicos e políticos. Falamos de acesso universal e de atendimento de qualidade à educação e à saúde pública, de moradia digna, transporte público eficiente, democratização do acesso ao lazer e liberdade às diversas manifestações culturais, garantindo direitos e dignidade a toda população e uma cidade mais justa e humanizada", continua.

Pesquisa Ibope em São Paulo, divulgada na noite desta segunda-feira (9), apontou o líder do MTST em segundo lugar na disputa, com 13%, um  empate técnico com Celso Russomanno, do Republicanos, que apareceu com 12%, na terceira colocação. Em primeiro lugar ficou o prefeito Bruno Covas, do PSDB, com 32% das intenções de voto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247