“Tragédia humanitária”, diz Eduardo Fagnani sobre a Previdência

Professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Eduardo Fagnani também afirma que a proposta prejudicará os mais pobres; "Um dos núcleos da cidadania é a seguridade social. É o INSS urbano, rural, assistência social, saúde e seguro desemprego. É isso que está sendo destruído", analisa

(Foto: Gilmar Felix/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Eduardo Fagnani bateu pesado na proposta de reforma da Previdência aprovada nesta quarta-feira (10) na Câmara dos Deputados. "Estamos diante de uma tragédia humanitária", afirmou ele m entrevista ao programa Fórum 21.

De acordo com o estudioso, o projeto aprovado, diferente do discurso encampado pelo governo, não combaterá privilégios e prejudicará os mais pobres. "Um dos núcleos da cidadania é a seguridade social. É o INSS urbano, rural, assistência social, saúde e seguro desemprego. É isso que está sendo destruído. A mudança do artigo 195 da Constituição, que foi aprovado com a reforma, destrói todo o mecanismo de financiamento da seguridade social. É muito grave", disse.

Leia a íntegra

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email