Treinamento recicla 18 mil motoristas de ônibus

Principais queixas de passageiros serão transmitidas aos profissionais do volante durante processo de reciclagem; cursos têm parceria entre Secretaria de Transportes, empresas e Rio Ônibus; todos os 18 mil motoristas serão treinados; realidade do trânsito e convivência com público são os dois blocos centrais; até final de novembro, 7,5 mil motoristas já terão passado pelo programa

Principais queixas de passageiros serão transmitidas aos profissionais do volante durante processo de reciclagem; cursos têm parceria entre Secretaria de Transportes, empresas e Rio Ônibus; todos os 18 mil motoristas serão treinados; realidade do trânsito e convivência com público são os dois blocos centrais; até final de novembro, 7,5 mil motoristas já terão passado pelo programa
Principais queixas de passageiros serão transmitidas aos profissionais do volante durante processo de reciclagem; cursos têm parceria entre Secretaria de Transportes, empresas e Rio Ônibus; todos os 18 mil motoristas serão treinados; realidade do trânsito e convivência com público são os dois blocos centrais; até final de novembro, 7,5 mil motoristas já terão passado pelo programa (Foto: Sheila Lopes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Com investimentos em curso da ordem de R$ 5,65 bilhões na infraestrutura de transportes do município do Rio de Janeiro, a Prefeitura da cidade acaba de dar início ao um programa que pretender treinar, até o final do primeiro semestre de 2014, todos os 18 mil motoristas de ônibus da capital.

O programa foi desenvolvido em parceria com as empresas do setor e a Rio Ônibus, entidade que coordena as companhias privadas de transporte coletivo. A intenção é melhorar o relacionamento dos profissionais do volante com o público e ampliar entre eles procedimentos de segurança e comportamento no trânsito. Oficialmente, chama-se Programa de Monitoramento e Controle de Conduta dos Motoristas de Transporte de Passageiros por meio de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro. Cumpre o decreto 37.083 do prefeito Eduardo Paes.

O programa está dividido em dois blocos. No primeiro, grupos de motoristas vão participar de dinâmicas orientadas para discussões sobre a realidade do trânsito e dos profissionais, e para a construção de novos cenários visando a melhor convivência com os passageiros.

Na segunda etapa serão discutidas as principais reclamações dos usuários enviadas à Central de Relacionamento 1746, da Prefeitura do Rio, e ao Centro de Relacionamento com o Cliente (CRC), da Fetranspor. Até o mês de novembro deste ano, 7.500 motoristas serão treinados. A previsão é de que, até o fim do primeiro semestre de 2014, todos os 18 mil motoristas sejam atendidos.

A principal novidade do treinamento é a criação de um código de conduta elaborado por especialistas em educação de trânsito com apoio e participação dos motoristas de ônibus dos quatro consórcios: Internorte, Intersul, Santa Cruz e Transcarioca. O trabalho será submetido à avaliação da SMTR e, posteriormente, disponibilizado aos demais profissionais de transporte que operam o sistema. O lançamento do código de conduta será em meados de 2014.

"Vamos construir uma nova cultura no trânsito no Rio de Janeiro, valorizando os motoristas de ônibus e chamando a população para acompanhar de perto esse processo", afirma Lélis Marcos Teixeira, presidente do Rio Ônibus.

"A Prefeitura do Rio está investindo R$ 5,65 bilhões em infraestrutura de transporte no Rio de Janeiro. Com racionalização do transporte publico, por meio dos corredores BRS, BRT e as linhas alimentadoras, teremos um futuro com melhores condições de trabalho para os motoristas de ônibus, além de conforto e qualidade para os usuários do sistema. A valorização e qualificação profissional são fundamentais para isso", diz o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email