UFRJ acionará polícia para investigar crime de ódio

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai investigar caso relatado na página oficial do Diretório Central dos Estudantes, sobre exposição de um quadro nazista na sede da organização estudantil; "A Reitoria abrirá procedimento interno para averiguar o caso e registros de pichações de cunho nazista no campus. Também acionará as Polícias Civil e Federal para a apuração da apologia ao nazismo que, destacamos, configura crime. Trata-se de uma ação isolada, de ultradireita, que se manifesta de forma apócrifa justamente por não encontrar qualquer respaldo no corpo social da Universidade", diz a nota 

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai investigar caso relatado na página oficial do Diretório Central dos Estudantes, sobre exposição de um quadro nazista na sede da organização estudantil; "A Reitoria abrirá procedimento interno para averiguar o caso e registros de pichações de cunho nazista no campus. Também acionará as Polícias Civil e Federal para a apuração da apologia ao nazismo que, destacamos, configura crime. Trata-se de uma ação isolada, de ultradireita, que se manifesta de forma apócrifa justamente por não encontrar qualquer respaldo no corpo social da Universidade", diz a nota 
A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai investigar caso relatado na página oficial do Diretório Central dos Estudantes, sobre exposição de um quadro nazista na sede da organização estudantil; "A Reitoria abrirá procedimento interno para averiguar o caso e registros de pichações de cunho nazista no campus. Também acionará as Polícias Civil e Federal para a apuração da apologia ao nazismo que, destacamos, configura crime. Trata-se de uma ação isolada, de ultradireita, que se manifesta de forma apócrifa justamente por não encontrar qualquer respaldo no corpo social da Universidade", diz a nota  (Foto: José Barbacena)

Rio 247 - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai investigar caso relatado na página oficial do Diretório Central dos Estudantes, sobre exposição de um quadro nazista na sede da organização estudantil. Em nota divulgada nesta sexta (26), também se posiciona sobre pichações no campus da Praia Vermelha, Urca.

Nota Oficial

A Reitoria da UFRJ tomou conhecimento nesta sexta-feira (26/5) de manifestações de teor nazista, racista e machista no Diretório Central dos Estudantes (DCE Mário Prata), na Praia Vermelha. Assim que informada sobre o caso, a Administração Central, por meio da Superintendência Geral de Políticas Estudantis (SuperEst), entrou em contato com o DCE, oferecendo apoio institucional.

A Reitoria abrirá procedimento interno para averiguar o caso e registros de pichações de cunho nazista no campus. Também acionará as Polícias Civil e Federal para a apuração da apologia ao nazismo que, destacamos, configura crime. Trata-se de uma ação isolada, de ultradireita, que se manifesta de forma apócrifa justamente por não encontrar qualquer respaldo no corpo social da Universidade.

Convocamos a comunidade universitária a não tolerar manifestações do tipo, formalizando imediatamente denúncias à Ouvidoria Geral e comunicando casos de violência de qualquer tipo à campanha permanente Não se Cale.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247