Valente entra com ação no STF para impedir votação da reforma da Previdência

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) entrou com uma ação no STF para barrar a votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados e impedir que Bolsonaro e seus ministros executem emendas parlamentares sem base legal para obter apoio na aprovação da proposta

(Foto: Michel Jesus - Câmara)

247 --  O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para barrar a votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados e impedir que Bolsonaro e seus ministros executem emendas parlamentares sem base legal para obter apoio na aprovação da proposta.

Segundo o jornal Estado de S.Paulo apurou, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, não deve interferir na votação da reforma da Previdência na Câmara. Toffoli é um entusiasta de um pacto nacional republicano com os demais poderes, defende a aprovação da reforma da Previdência e é considerado um dos ministros da Corte mais sensíveis a temas de responsabilidade fiscal.

Caberá a Toffoli analisar o pedido nas próximas horas, já que o presidente da Corte é responsável pelas decisões do Supremo durante o período de recesso do tribunal no mês de julho. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247