Vereador pede para prefeito vetar o Dia Marielle Franco

Projeto da vereadora de Santos Debora Camilo (PSOL) cria um dia em homenagem a Marielle Franco. Vereador Sérgio Santana, do PL, partido de Jair Bolsonaro, quer o veto à proposta

www.brasil247.com - Vereador de Santos Sérgio Santana e Marielle Franco
Vereador de Santos Sérgio Santana e Marielle Franco (Foto: Divulgação)


247 - O vereador de Santos Sérgio Santana (PL) enviou nessa segunda-feira (9) um ofício ao prefeito Rogério Santos (PSDB) pedindo o veto ao projeto que cria o Dia Marielle Franco, a ser comemorado em 14 de março, com o objetivo de alertar a população para o enfrentamento à violência contra mulheres, negros e LGBTI. 

O vereador do PL, partido de Jair Bolsonaro, disse que existem na Câmara outros projetos de enfrentamento à violência a determinados grupos, de acordo com o site A Tribuna

A proposta havia sido aprovada por nove votos a seis, com cinco abstenções. O projeto é de autoria da vereadora Debora Camilo (PSOL). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso Marielle

A ex-vereadora foi morta em 14 de março de 2018 pelo crime organizado. O assassinato aconteceu em um lugar sem câmeras na região central do município do Rio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes do crime, os milicianos haviam perseguido por cerca de três quilômetros o carro onde ela estava. 

Dois suspeitos do crime foram presos. O ex-policial Ronnie Lessa, que morava no mesmo condomínio de Jair Bolsonaro, no Rio. Segundo as investigações, o ex-PM efetuou os disparos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outro preso foi Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos e que, segundo as investigações, dirigia o carro no momento do crime. Queiroz também chegou a aparecer em uma foto com Jair Bolsonaro, que teve o seu rosto cortado na imagem.

Operação Calígula

O ex-PM Ronnie Lessa também foi alvo, nesta terça-feira (10), de uma operação para desarticular uma rede de jogos de azar. 

Na ação, os agentes encontraram cerca de R$ 2 milhões em espécie que estavam sob a guarda de uma delegada da Polícia Civil fluminense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email