Vereador ofende criança com declaração racista: "não quero essa sua pretinha feia e fedida com a minha filha"

O vereador do município de Planalto (SP) Gercimar Maximiliano de Mattos (Solidariedade) reagiu com racismo ao ver a foto da filha com uma menina negra

www.brasil247.com - Vereador do município de Planalto (SP) Gercimar Maximiliano de Mattos
Vereador do município de Planalto (SP) Gercimar Maximiliano de Mattos (Foto: Reprodução/TV Tem)


247 - O vereador do município de Planalto (SP) Gercimar Maximiliano de Mattos (Solidariedade) reagiu com racismo no WhatsApp para a mãe da menina negra, que tirou foto com a filha do parlamentar. "Eu não quero essa sua pretinha feia e fedida com a minha filha", disse ele.

Carolaine Vilela, mãe da menina de 2 anos, é amiga da ex-esposa do parlamentar. Ela registrou Boletim de Ocorrência contra o vereador, também conhecido como Gerson do Bar.

"Não tive reação na hora", disse ela em entrevista à TV Tem, afiliada da TV Globo. "Fiquei em choque. Continuei respondendo, e ele fez mais ofensas contra a menina. Isso me despedaçou. Por mais que minha filha seja negra, eu não esperava que isso aconteceria agora. Vai acontecer um dia, mas não estava esperando. Foi muito cruel. Ela não consegue se defender. É uma criança", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O vereador nega que tenha enviado as mensagens ofensivas. "Jamais, nunca na vida, eu teria coragem de ofender um adulto dessa forma, que dirá uma criança", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) instaurou inquérito para investigar se o parlamentar cometeu crime de injúria racial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
parlamentar reage com racismo apos ver foto de filha com menina negra
Vereador do município de Planalto (SP) Gercimar Maximiliano de Mattos(Photo: Reprodução)Reprodução

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email