Witzel é chamado de 'fascista' por manifestante e reage: 'maconheiro'

"Não vai falar da milícia, não? Fala da milícia", questionou o rapaz. Irritado, o governador do Rio rebateu: "Olha o maconheiro aí, que tá gritando. Não tem espaço para você não, maconheiro. Aqui você não vai fumar maconha não, parceiro"

247 - O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), bateu boca com um manifestante nesta sexta-feira 6 durante um evento em Laranjeiras, zona sul da capital fluminense. 

Enquanto Witzel discursava, um homem, que não foi identificado, chamou o governador de "fascista" e questionou se ele não falaria da "milícia". Irritado, o político o chamou de "maconheiro".

"Não vai falar da milícia, não? Fala da milícia". O governador, então, respondeu: "Tá todo mundo sendo preso, rapaz. Presta atenção. Até os maconheiros", disse o manifestante.

"Olha o maconheiro aí, que tá gritando. Não tem espaço para você não, maconheiro. Aqui você não vai fumar maconha não, parceiro. Vai fumar maconha aqui, não. Aqui é ordem. Aqui nós vamos prezar pela ordem. Aqui você não vai fumar maconha, acabou essa brincadeira. Vai fumar maconha em outro lugar", respondeu Witzel.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247