Acaba greve dos servidores da saúde

Após 24 dias de paralisação, o Sindicato dos Servidores Estaduais da Saúde (Sindisaúde) do Paraná anunciou o fim da greve; a decisão foi tomada durante uma assembleia da categoria, em Curitiba, após o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) acatar a liminar do governo do estado que exigia o fim da mobilização; mesmo com o fim da manifestação o Sindisaúde declarou que no próximo dia 28 os servidores realizarão nova manifestação em Curitiba

Após 24 dias de paralisação, o Sindicato dos Servidores Estaduais da Saúde (Sindisaúde) do Paraná anunciou o fim da greve; a decisão foi tomada durante uma assembleia da categoria, em Curitiba, após o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) acatar a liminar do governo do estado que exigia o fim da mobilização; mesmo com o fim da manifestação o Sindisaúde declarou que no próximo dia 28 os servidores realizarão nova manifestação em Curitiba
Após 24 dias de paralisação, o Sindicato dos Servidores Estaduais da Saúde (Sindisaúde) do Paraná anunciou o fim da greve; a decisão foi tomada durante uma assembleia da categoria, em Curitiba, após o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) acatar a liminar do governo do estado que exigia o fim da mobilização; mesmo com o fim da manifestação o Sindisaúde declarou que no próximo dia 28 os servidores realizarão nova manifestação em Curitiba (Foto: Leonardo Lucena)

Notícias Paraná - Após 24 dias de paralisação, o Sindicato dos Servidores Estaduais da Saúde (Sindisaúde) do Paraná anunciou o fim da greve na noite da última quinta-feira (10). A decisão foi tomada durante uma assembleia da categoria, em Curitiba, após o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) acatar a liminar do governo do estado que exigia o fim da mobilização.

De acordo com o Sindisaúde, os trabalhadores que cruzaram os braços voltaram ao trabalho por volta das 19 horas. O número de servidores que aderiu à greve, porém, é divergente. Enquanto o sindicato defende que ao longo desse período pelo menos 65% dos cerca de 9,1 mil profissionais que atuam em hospitais do estado deixaram de trabalhar, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) afirma que a adesão foi de 300 trabalhadores.

Mesmo com o fim da manifestação o Sindisaúde declarou que no próximo dia 28 os servidores realizarão nova manifestação em Curitiba.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247