Agência inaugura 'tour da Lava Jato' em Curitiba que inclui até presídio

A operação Lava Jato passou a integrar a rota turística do Brasil. Uma agência do Paraná está vendendo pacotes "privativos" para que as pessoas conheçam os locais onde se desenrolam as investigações, em Curitiba; num roteiro que dura cinco horas, turistas são levados à Procuradoria-Geral da República e depois aos locais onde ele, Sergio Moro, passa horas de seu dia: a Universidade Federal do Paraná, "onde leciona", e a sede da Justiça Federal; visitam também a Polícia Federal e até o Complexo Médico-Penal, "onde os investigados ficam presos"; o tour, da Special Paraná, custa R$ 375 em "três vezes sem juros"; não estão incluídas "comidas nem bebidas"

O juiz federal Sergio Moro participa na Comiss�o de Constitui��o, Justi�a e Cidadania (CCJ) do Senado de audi�ncia p�blica sobre projeto que altera o C�digo de Processo Penal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil)
O juiz federal Sergio Moro participa na Comiss�o de Constitui��o, Justi�a e Cidadania (CCJ) do Senado de audi�ncia p�blica sobre projeto que altera o C�digo de Processo Penal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil) (Foto: Giuliana Miranda)

Paraná 247 - A operação Lava Jato passou a integrar a rota turística do Brasil. Uma agência do Paraná está vendendo pacotes "privativos" para que as pessoas conheçam os locais onde se desenrolam as investigações, em Curitiba. Num roteiro que dura cinco horas, turistas são levados à Procuradoria-Geral da República e depois aos locais onde ele, Sergio Moro, passa horas de seu dia: a Universidade Federal do Paraná, "onde leciona", e a sede da Justiça Federal. Visitam também a Polícia Federal e até o Complexo Médico-Penal, "onde os investigados ficam presos". O tour, da Special Paraná, custa R$ 375 em "três vezes sem juros". Não estão incluídas "comidas nem bebidas".

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247