Agência inaugura 'tour da Lava Jato' em Curitiba que inclui até presídio

A operação Lava Jato passou a integrar a rota turística do Brasil. Uma agência do Paraná está vendendo pacotes "privativos" para que as pessoas conheçam os locais onde se desenrolam as investigações, em Curitiba; num roteiro que dura cinco horas, turistas são levados à Procuradoria-Geral da República e depois aos locais onde ele, Sergio Moro, passa horas de seu dia: a Universidade Federal do Paraná, "onde leciona", e a sede da Justiça Federal; visitam também a Polícia Federal e até o Complexo Médico-Penal, "onde os investigados ficam presos"; o tour, da Special Paraná, custa R$ 375 em "três vezes sem juros"; não estão incluídas "comidas nem bebidas"

O juiz federal Sergio Moro participa na Comiss�o de Constitui��o, Justi�a e Cidadania (CCJ) do Senado de audi�ncia p�blica sobre projeto que altera o C�digo de Processo Penal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil)
O juiz federal Sergio Moro participa na Comiss�o de Constitui��o, Justi�a e Cidadania (CCJ) do Senado de audi�ncia p�blica sobre projeto que altera o C�digo de Processo Penal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil) (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - A operação Lava Jato passou a integrar a rota turística do Brasil. Uma agência do Paraná está vendendo pacotes "privativos" para que as pessoas conheçam os locais onde se desenrolam as investigações, em Curitiba. Num roteiro que dura cinco horas, turistas são levados à Procuradoria-Geral da República e depois aos locais onde ele, Sergio Moro, passa horas de seu dia: a Universidade Federal do Paraná, "onde leciona", e a sede da Justiça Federal. Visitam também a Polícia Federal e até o Complexo Médico-Penal, "onde os investigados ficam presos". O tour, da Special Paraná, custa R$ 375 em "três vezes sem juros". Não estão incluídas "comidas nem bebidas".

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email