Alvaro Dias: governo faz festa com juros, mas a realidade é bem diferente

Pré-candidato à presidência da República pelo Podemos, o senador Alvaro Dias (PR), ex-PSDB e ex-PV, criticou o governo pela alta taxa de juros no País; "Banco Central corta a taxa básica de juros da economia e o governo faz festa, mas a realidade do sistema financeiro é completamente diferente", disse ele

Pré-candidato à presidência da República pelo Podemos, o senador Alvaro Dias (PR), ex-PSDB e ex-PV, criticou o governo pela alta taxa de juros no País; "Banco Central corta a taxa básica de juros da economia e o governo faz festa, mas a realidade do sistema financeiro é completamente diferente", disse ele
Pré-candidato à presidência da República pelo Podemos, o senador Alvaro Dias (PR), ex-PSDB e ex-PV, criticou o governo pela alta taxa de juros no País; "Banco Central corta a taxa básica de juros da economia e o governo faz festa, mas a realidade do sistema financeiro é completamente diferente", disse ele (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - Pré-candidato à presidência da República pelo Podemos, o senador Alvaro Dias (PR), ex-PSDB e ex-PV, criticou o governo pela alta taxa de juros no País.

"Banco Central corta a taxa básica de juros da economia e o governo faz festa, mas a realidade do sistema financeiro é completamente diferente. O Brasil continua tendo os maiores juros do mundo, e disparado. É uma extorsão!", escreveu o parlamentar, nesta sexta-feira (19), em sua conta no Twitter.

A expectativa para a taxa básica de juros em 2018 é de 6,75%, de acordo com pesquisa Focus do Banco Central divulgada na última segunda-feira (15).

Apesar de o governo dizer que o País saindo da recessão, com baixa taxa de juros, baixa da inflação e previsão de crescimento de 1% do PIB em 2017, o País ainda amarga 12 milhões de desempregos. O governo também viu a agência de classificação de risco Standard & Poor’s reduziu a nota de crédito da dívida soberana do Brasil para BB- ante a nota anterior BB.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247