"Brasil vive tragédia política", diz Álvaro Dias

Para o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), o próximo governo terá que alterar a Constituição; "Precisaremos refundar a República. Vamos ter que fazer as reformas necessárias: a reforma política, a fiscal, administrativa e até a reforma da Previdência, pois essa que está aí, se sair, será mal feita", afirmou o senador

Para o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), o próximo governo terá que alterar a Constituição; "Precisaremos refundar a República. Vamos ter que fazer as reformas necessárias: a reforma política, a fiscal, administrativa e até a reforma da Previdência, pois essa que está aí, se sair, será mal feita", afirmou o senador
Para o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), o próximo governo terá que alterar a Constituição; "Precisaremos refundar a República. Vamos ter que fazer as reformas necessárias: a reforma política, a fiscal, administrativa e até a reforma da Previdência, pois essa que está aí, se sair, será mal feita", afirmou o senador (Foto: Charles Nisz)

Paraná 247 - O senador Alvaro Dias (PR), pré-candidato a presidente da República pelo Podemos e a presidente nacional do partido, Renata Abreu (SP), participaram de Encontros Regionais do Podemos na Grande São Paulo e no interior do estado. Eles estiveram em Poá, Tatuí, Sorocaba e Votorantim na sexta (19) e no sábado (20).

"Estamos vivendo uma tragédia política, uma tragédia histórica. Alguns nomes que se apresentam ao pleito de 2018 são candidatos à prisão e não à Presidência da República. Um dos candidatos será julgado essa semana em segunda instância, mas já foi condenado a 9,5 anos de cadeia. Isso está acontecendo porque se instalou um sistema corrupto e incompetente, que loteou os cargos públicos e criou um balcão de negócios com o dinheiro do povo brasileiro", afirmou Alvaro Dias.

Para o senador, o próximo governo terá que alterar a Constituição. "Precisaremos refundar a República. Vamos ter que fazer as reformas necessárias: a reforma política, a fiscal, administrativa e até a reforma da Previdência, pois essa que está aí, se sair, será mal feita", afirmou Alvaro.

A deputada federal Renata Abreu disse, durante a maratona de Encontros, "nós, brasileiros, temos que mudar. Somos nós que colocamos os políticos no poder. A operação Lava Jato tem produzido consequências maravilhosas. Pela primeira vez neste país, políticos corruptos estão indo para a cadeia, que é o lugar deles. Em 2018, vamos fazer a nossa lição de casa. Por meio das urnas, vamos tirar os corruptos do poder", concluiu Renata.

Nos Encontros, também foram anunciadas as pré-candidaturas à Assembleia Legislativa dos vereadores Edinho do Kemel, de Poá, e Fausto Peres, de Sorocaba. Nas quatro cidades, Alvaro Dias e Renata abonaram dezenas de fichas de filiação de novos militantes do Podemos.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247