CNMP abre mais um processo disciplinar contra Dallagnol

CNMP vai investigar a conduta de Dallagnol ao aceitar representação do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que acusa o procurador de fazer campanha contra ele na internet. Coordenador da Lava Jato tem 23 denúncias de irregularidades contra ele no CNMP

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu nesta terça-feira, 10, instaurar mais um processo disciplinar contra o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba. 

Segundo a jornalista Monica Bergamo, o CNMP vai investigar a conduta de Dallagnol ao aceitar representação do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que acusa o procurador de fazer campanha contra ele na internet. 

Já foram apresentadas contra Dallagnol 23 denúncias. O procurador, até agora, sofreu apenas uma advertência. Três das ações contra ele correm sob sigilo (leia mais no Brasil 247). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247