Condenado em 2ª instância, Japonês da Federal assume PEN e pode sair candidato

O agente aposentado da Polícia Federal Newton Ishii, conhecido como o Japonês da Federal após aparecer em imagens conduzindo presos da Operação Lava-Jato, vai assumir a presidência do PEN-Patriotas no Paraná; "Tenho que fazer alguma coisa pelo país. Não é porque eu aposentei que tenho que ficar parado. Escolhi esse partido e vi que eles têm compromisso com combate à corrupção", afirmou Ishii, que já foi condenado por facilitação de contrabando e chegou a ficar detido por quatro meses, em 2003

Newton Ishii, conhecido como japonês da federal
Newton Ishii, conhecido como japonês da federal (Foto: Aquiles Lins)

Paraná 247 - O agente aposentado da Polícia Federal Newton Ishii, conhecido como o Japonês da Federal após aparecer em imagens conduzindo presos da Operação Lava-Jato, vai assumir a presidência do PEN-Patriotas no Paraná.

"Tenho que fazer alguma coisa pelo país. Não é porque eu aposentei que tenho que ficar parado. Escolhi esse partido e vi que eles têm compromisso com combate à corrupção, não tem ninguém investigado. Não vou concorrer a cargo público. Posso contribuir de outras maneiras. Como presidente estadual, posso escolher candidatos. Tem esse poder na mão", afirmou Ishii, que já foi condenado por facilitação de contrabando e chegou a ficar detido por quatro meses, em 2003.

Leia reportagem do Globo sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247