Copel anuncia R$ 2 bilhões em parques eólicos

A Copel anunciou, durante solenidade com o governador Beto Richa, em Curitiba, um investimento de R$ 2 bilhões na implantação de 13 parques eólicos no Rio Grande do Norte; no evento, o governador e o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna, assinaram um contrato da Copel com a empresa WEG, no valor de R$ 1,4 bilhão, para o fornecimento de 149 aerogeradores que equiparão os 13 parques eólicos; atualmente, a Copel tem empreendimentos em dez estados brasileiros

A Copel anunciou, durante solenidade com o governador Beto Richa, em Curitiba, um investimento de R$ 2 bilhões na implantação de 13 parques eólicos no Rio Grande do Norte; no evento, o governador e o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna, assinaram um contrato da Copel com a empresa WEG, no valor de R$ 1,4 bilhão, para o fornecimento de 149 aerogeradores que equiparão os 13 parques eólicos; atualmente, a Copel tem empreendimentos em dez estados brasileiros
A Copel anunciou, durante solenidade com o governador Beto Richa, em Curitiba, um investimento de R$ 2 bilhões na implantação de 13 parques eólicos no Rio Grande do Norte; no evento, o governador e o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna, assinaram um contrato da Copel com a empresa WEG, no valor de R$ 1,4 bilhão, para o fornecimento de 149 aerogeradores que equiparão os 13 parques eólicos; atualmente, a Copel tem empreendimentos em dez estados brasileiros (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - A Copel anunciou nesta quinta-feira (11), durante solenidade com o governador Beto Richa, em Curitiba, um investimento de R$ 2 bilhões na implantação de 13 parques eólicos no Rio Grande do Norte. No evento, o governador e o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna, assinaram um contrato da Copel com a empresa WEG, no valor de R$ 1,4 bilhão, para o fornecimento de 149 aerogeradores que equiparão os 13 parques eólicos. 

O mercado de geração e transmissão de energia é nacional, por isso a Copel hoje tem empreendimentos em dez estados brasileiros. A energia gerada nos parques eólicos vai para o sistema nacional. “Ao investir no mercado nacional de geração e transmissão de energia a Copel traz novas receitas para o Paraná, pois o Governo do Estado é o acionista majoritário da empresa”, disse o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna. 

Com torres de 120 metros de altura - as maiores do gênero no mundo - 86 aerogeradores integrarão sete parques do Complexo Cutia, de 180 MW de potência instalada. Os demais 63 equipamentos farão parte dos seis parques do Complexo Bento Miguel, com 132,3 MW. A construção começa no início de 2016, com previsão aproximada de dois anos para conclusão. 

Há três anos no setor de energias eólicas, a fabricante de motores elétricos WEG é brasileira e tem mais de 33 mil funcionários. O diretor presidente da empresa, Harry Schmelzer Junior, disse que o investimento no Rio Grande do Norte será um marco para a geração de energia limpa. “Em conjunto com a Copel, faremos essa grandiosa obra que contribuirá para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou. O evento contou com a presença de empresários e diretores e conselheiros da Copel. 

A Copel iniciou em 2015 a operação de parques eólicos próprios no Nordeste, e acaba o ano com 331,6 MW de potência instalada em 15 parques de três diferentes complexos. Até 2019, a meta é alcançar 663,6 MW de capacidade eólica em cinco complexos, o suficiente para abastecer uma cidade com cerca de 8 milhões de habitantes, ou o equivalente à população do Pará. Os cinco complexos abrigarão 28 parques eólicos, no total, respondendo a um investimento de R$ 4 bilhões. 

*Com informações divulgadas pela Agência de Notícias do Paraná

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email