Costa desmoraliza doações privadas

"O depoente menciona que é uma grande falácia afirmar que existe 'doação de campanha' no Brasil, quando na verdade são verdadeiros empréstimos a serem cobrados posteriormente a juros altos dos beneficiários das contribuições quando no exercício dos cargos", diz trecho do depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal)

"O depoente menciona que é uma grande falácia afirmar que existe 'doação de campanha' no Brasil, quando na verdade são verdadeiros empréstimos a serem cobrados posteriormente a juros altos dos beneficiários das contribuições quando no exercício dos cargos", diz trecho do depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal)
"O depoente menciona que é uma grande falácia afirmar que existe 'doação de campanha' no Brasil, quando na verdade são verdadeiros empréstimos a serem cobrados posteriormente a juros altos dos beneficiários das contribuições quando no exercício dos cargos", diz trecho do depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) (Foto: Roberta Namour)

247 - Em delação premiada na Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa desmoralizou as doações privadas de campanhas.

"O depoente menciona que é uma grande falácia afirmar que existe 'doação de campanha' no Brasil, quando na verdade são verdadeiros empréstimos a serem cobrados posteriormente a juros altos dos beneficiários das contribuições quando no exercício dos cargos", diz trecho do depoimento enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Segundo ele, nas empresas públicas também só chegam a cargos de alto comando pessoas indicadas por partidos.

"Uma vez ocupando o cargo de diretor por indicação política, o grupo político sempre demandará algo em troca; que toda indicação política no país para os cargos de diretoria pressupõe que o indicado propicie facilidades ao grupo político que o indicou, realizando o desvio de recursos de obras e contratos firmados", diz.

Leia aqui reportagem de Severino Motta sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247