DCM: Moro se tornou o maior cabo eleitoral de Bolsonaro

"Em sua louca cavalgada, Sergio Moro tornou-se o maior cabo eleitoral do fascista Jair Bolsonaro, seu fã assumido, em segundo lugar, bem à frente dos tucanos. O que vai dar desse caldo? O único remédio é democracia. Lula tem que concorrer. A alternativa é um caos sobejamente anunciado, que engolirá inclusive os autores dessa farsa", diz Geraldo Muniz, no DCM

"Em sua louca cavalgada, Sergio Moro tornou-se o maior cabo eleitoral do fascista Jair Bolsonaro, seu fã assumido, em segundo lugar, bem à frente dos tucanos. O que vai dar desse caldo? O único remédio é democracia. Lula tem que concorrer. A alternativa é um caos sobejamente anunciado, que engolirá inclusive os autores dessa farsa", diz Geraldo Muniz, no DCM
"Em sua louca cavalgada, Sergio Moro tornou-se o maior cabo eleitoral do fascista Jair Bolsonaro, seu fã assumido, em segundo lugar, bem à frente dos tucanos. O que vai dar desse caldo? O único remédio é democracia. Lula tem que concorrer. A alternativa é um caos sobejamente anunciado, que engolirá inclusive os autores dessa farsa", diz Geraldo Muniz, no DCM (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Trecho de artigo de Geraldo Muniz, no DCM

O tiro pela culatra vai estourar em 2018. Já se provou que Lula cresce quanto mais apanha.

Em sua louca cavalgada, Sergio Moro tornou-se o maior cabo eleitoral do fascista Jair Bolsonaro, seu fã assumido, em segundo lugar, bem à frente dos tucanos.

O que vai dar desse caldo? O único remédio é democracia. Lula tem que concorrer. A alternativa é um caos sobejamente anunciado, que engolirá inclusive os autores dessa farsa.

Leia a íntegra no DCM.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247