Dois militantes do MST são assassinados em Nova Santa Rita (RS)

Segundo relatos, os dois estavam em casa quando homens armados chegaram de carro e executaram os dois em frente a familiares

(Foto: MST)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) informou que dois membros da organização foram assassinados na noite de quinta-feira, 30 de abril, no Assentamento Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul. As vítimas foram Adão do Prado, 59 anos, e Airton Luis Rodrigues da Silva, 56.

Segundo relatos, os dois estavam na casa de Adão quando homens armados chegaram de carro e executaram os dois em frente a familiares.

Confira nota do MST:

NOTA DE PESAR DIANTE DO ASSASSINATO DE ADÃO DO PRADO E AIRTON LUIS RODRIGUES DA SILVA

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra vem a público informar que nesta quinta feira, dia 30 de abril, dois de seus integrantes, Adão do Prado (59) e Airton Luis Rodrigues da Silva (56), foram assassinados no Assentamento Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita, no RS.

O movimento repudia qualquer ato de violência, pede investigação das causas e punição dos culpados.

Militantes do MST desde 2000, os companheiros Adão e Airton participaram de muitas lutas por Reforma Agrária, marchas e ocupações até chegar na conquista da terra no ano de 2005.

Participaram ativamente da vida comunitária, da produção agroecológica, e sempre foram solidários. O MST se solidariza com familiares e amigos das vítimas e exige justiça.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247