Em Curitiba, movimentos negros pedem 'Lula Livre'

Os movimentos negros marcaram presença na Vigília Lula Livre, em Curitiba;  Além de faixas com frases como "Eu sou negro e negra. Lula e eu nos entendemos", várias lideranças falaram à multidão sobre como a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a bandeira de luta dos negros e negras brasileiros.Existe uma consequência nefasta do golpe sobre a população negra", afirmou o secretário Nacional de Combate ao Racismo do PT, Martvs das Chagas

Movimento negro em vigília pede liberdade do ex-presidente Lula
Movimento negro em vigília pede liberdade do ex-presidente Lula (Foto: Paulo Emílio)

247 com Agência PT - Os movimentos negros marcaram presença na VigílilaLula Livre, em Curitiba. Além de faixas com frases como "Eu sou negro e negra. Lula e eu nos entendemos", várias lideranças falaram à multidão sobre como a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a bandeira de luta dos negros e negras brasileiros.

"Estamos aqui para denunciar o caráter racista do golpe de 2016, que minou todos os avanços sociais que conquistamos durante os governos de Lula e da Dilma. Existe uma consequência nefasta do golpe sobre a população negra", afirmou o secretário Nacional de Combate ao Racismo do PT, Martvs das Chagas.

"O que acontece com Lula acontece todo dia com cada um de nós. A luta não é só pela liberdade do presidente. Acabamos de completar 130 anos de uma abolição inacabada que nos colocou no substrato social brasileiro", completou o ativista. Segundo ele, está sendo articulado um grande congresso em Curitiba, no mês de junho ,com artistas, lideranças e intelectuais negros. "A ideia é mostrarmos para todo o Brasil que o povo negro só entende a democracia com a liberdade de Lula.

 

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247