Ex-prefeito de Londrina terá que devolver R$ 6 milhões aos cofres públicos

O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati foi condenado pela 1ª Vara da Fazenda Pública a devolver R$ 6 milhões aos cofres públicos por irregularidades na venda de ações da Sercomtel, empresa telefônica mantida pela prefeitura municipal. Conforme a decisão, Belinati também teve os direitos políticos suspensos por sete anos; cabe recurso

O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati foi condenado pela 1ª Vara da Fazenda Pública a devolver R$ 6 milhões aos cofres públicos por irregularidades na venda de ações da Sercomtel, empresa telefônica mantida pela prefeitura municipal. Conforme a decisão, Belinati também teve os direitos políticos suspensos por sete anos; cabe recurso
O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati foi condenado pela 1ª Vara da Fazenda Pública a devolver R$ 6 milhões aos cofres públicos por irregularidades na venda de ações da Sercomtel, empresa telefônica mantida pela prefeitura municipal. Conforme a decisão, Belinati também teve os direitos políticos suspensos por sete anos; cabe recurso (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati foi condenado pela 1ª Vara da Fazenda Pública a devolver R$ 6 milhões aos cofres públicos por irregularidades na venda de ações da Sercomtel, empresa telefônica mantida pela prefeitura municipal. Conforme a decisão, Belinati também teve os direitos políticos suspensos por sete anos. Cabe recurso.

A transação foi em 1998, apontaram as investigações. À época, foram vendidas ações da Sercomtel para o Banestado, o então banco do Estado do Paraná, e como consequência houve um prejuízo superior a R$ 30 milhões em valores atualizados.

o ex-prefeito já havia sido condenado, em junho, a devolver mais de R$ 3 milhões aos cofres públicos em uma ação que investiga fraude em licitação de serviços de roçagem em terrenos da prefeitura, em 1998. Nesta ação, Belinati também foi condenado a oito anos de suspensão dos direitos políticos.

Após ter o mandato cassado em 2000, Belinati se candidatou por duas vezes para prefeito de Londrina. Em 2004, quando foi derrotado, e em 2008, quando foi eleito prefeito de Londrina pela quarta vez. Dois dias depois da eleição, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou um recurso do Ministério Público Eleitoral (MPE) que pedia a impugnação da candidatura, impedindo que Belinati assumisse o cargo.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247