Fachin diz que conduta de Loures é gravíssima

Ao determinar a prisão do homem da mala, o ministro Edson Fachin afirmou que Rodrigo Rocha Loures  "teria encontrado lassidão em seus freios inibitórios e prosseguiriam aprofundando métodos nefastos de autofinanciamento em troca de algo que não lhe pertence, que é o patrimônio público"

Fachin
Fachin (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Ao determinar a prisão do homem da mala, o ministro Edson Fachin afirmou que Rodrigo Rocha Loures  "teria encontrado lassidão em seus freios inibitórios e prosseguiriam aprofundando métodos nefastos de autofinanciamento em troca de algo que não lhe pertence, que é o patrimônio público".

Fachin também o tratou como "político com influência no cenário nacional, até pouco tempo assessor do Presidente Michel Temer, pessoa de sua mais estrita confiança, como declarado em áudio captado por Joesley, revelam-se insuficientes para a neutralização de suas ações, medidas diversas da prisão. Não se deixa, sem embargo, de lamentar que se chegue a esse ponto".

Segundo o ministro, "é gravíssima a conduta".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247