Fascistas atacam acampamento pró-democracia em Curitiba

Em Curitiba, no início da noite desta terça-feira (17), enquanto o acampamento próximo à Polícia Federal era desmontado, grupos fascistas agrediram, com barras de ferro, pessoas que retiravam seus pertences e se dirigiam à área onde será instalado o novo acampamento. O presidente do PT do Paraná, Dr. Rosinha, cobrou das autoridades o cumprimento do acordo para a retirada do acampamento das cercanias da PF, que incluía a garantia da segurança das pessoas acampadas

Brasília- DF 12-04-2016 Presidenta, Dilma durante com Encontro da Educação pela Democracia Palácio do PlanaltoFoto Lula Marques/Agência PT
Brasília- DF 12-04-2016 Presidenta, Dilma durante com Encontro da Educação pela Democracia Palácio do PlanaltoFoto Lula Marques/Agência PT (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Boletim 31 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 17/04/2018 – 22h

1. ATAQUE AO ACAMPAMENTO: em Curitiba, no início da noite desta terça-feira (17), enquanto o acampamento próximo à Polícia Federal era desmontado, grupos fascistas agrediram, com barras de ferro, pessoas que retiravam seus pertences e se dirigiam à área onde será instalado o novo acampamento. O presidente do PT do Paraná, Dr. Rosinha, cobrou das autoridades o cumprimento do acordo para a retirada do acampamento das cercanias da PF, que incluía a garantia da segurança das pessoas acampadas.

2. A Câmara dos Deputados criou, nesta terça-feira (17), uma comissão externa que fará visita de fiscalização à sede da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente Lula é mantido como preso político. A comissão será coordenada pelo líder do PT, Paulo Pimenta (PT-RS), e dela fazem parte os deputados André Figueiredo (PDT-CE), Bebeto (PSB-BA), Ivan Valente (PSOL-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), José Guimarães (PT-CE), Paulo Teixeira (PT-SP), Orlando Silva (PCdoB-SP), Wadih Damous (PT-RJ) e Weverton Rocha (PDT-MA). A previsão é que a visita ocorra nesta quinta-feira (19).

3. O prêmio Nobel da Paz de 1980, o ativista argentino Adolfo Pérez Esquivel, estará em Curitiba na manhã desta quarta-feira (18) e fará uma visita de inspeção ao presidente Lula. Esquivel é presidente da Servicio Paz y Justicia en América Latina, entidade que atua internacionalmente com a proteção e promoção dos direitos humanos. O argentino, que estará acompanhado de uma advogada, um médico e um fotógrafo, justifica a visita baseada nas “Regras de Mandela”, apelido de um tratado da ONU sobre tratamento de presos do qual o Brasil é signatário. Além da visita, Esquivel tem marcada uma coletiva de imprensa às 10h no espaço da Vigília Democrática #LulaLivre, nas imediações da Polícia Federal em Curitiba.

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia
#Boletim 31 – 17/04/2018 – 22h

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247