Força Sindical repudia atentado contra acampamento

De acordo com a Força Sindical, "a violência e a covardia contra atos e manifestações democráticas ferem a Constituição e reforçam práticas autoritárias, antissociais e que, neste momento eleitoral, tumultuam o ambiente político e desestabilizam o país"

De acordo com a Força Sindical, "a violência e a covardia contra atos e manifestações democráticas ferem a Constituição e reforçam práticas autoritárias, antissociais e que, neste momento eleitoral, tumultuam o ambiente político e desestabilizam o país"
De acordo com a Força Sindical, "a violência e a covardia contra atos e manifestações democráticas ferem a Constituição e reforçam práticas autoritárias, antissociais e que, neste momento eleitoral, tumultuam o ambiente político e desestabilizam o país" (Foto: Leonardo Lucena)

247 - A Força Sindical emitiu uma nota repudiando "veementemente o atentado ocorrido no acampamento Marisa Letícia, no bairro Santa Cândida, em Curitiba e exige imediata apuração e punição dos responsáveis".

"A violência e a covardia contra atos e manifestações democráticas ferem a Constituição e reforçam práticas autoritárias, antissociais e que, neste momento eleitoral, tumultuam o ambiente político e desestabilizam o país".

De acordo com o texto, "o direito à manifestação, o direito de pensar diferente, o debate público, a busca do entendimento, temos certeza, são fatores que ajudam a construir uma nação desenvolvida. Por isto, nos somamos a todos os brasileiros e brasileiras que dizem não a soluções à bala, ataques na escuridão e tocaias".

"Reafirmamos: uma nação se constrói com democracia, debate de ideias, tolerância, busca do entendimento e respeito à Constituição. É fundamental neste momento fortalecer o estado de direito e a democracia".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247