Fruet garante apoio a Gleisi em 2014

"Eu vou apoiar Gleisi"; a declaração do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), carimba o apoio da legenda pedetista na capital à candidatura da ministra Gleisi Hoffmann (PT), ao governo do Paraná em 2014; Fruet falou, ainda, sobre a possibilidade de diminuição no preço das passagens de ônibus e foi taxativo: "Não. Agora não, nós já reduzimos este ano e foi a primeira vez na história que houve redução na tarifa técnica"

"Eu vou apoiar Gleisi"; a declaração do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), carimba o apoio da legenda pedetista na capital à candidatura da ministra Gleisi Hoffmann (PT), ao governo do Paraná em 2014; Fruet falou, ainda, sobre a possibilidade de diminuição no preço das passagens de ônibus e foi taxativo: "Não. Agora não, nós já reduzimos este ano e foi a primeira vez na história que houve redução na tarifa técnica"
"Eu vou apoiar Gleisi"; a declaração do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), carimba o apoio da legenda pedetista na capital à candidatura da ministra Gleisi Hoffmann (PT), ao governo do Paraná em 2014; Fruet falou, ainda, sobre a possibilidade de diminuição no preço das passagens de ônibus e foi taxativo: "Não. Agora não, nós já reduzimos este ano e foi a primeira vez na história que houve redução na tarifa técnica" (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 – "Eu vou apoiar Gleisi". A declaração do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), carimba o apoio da legenda pedetista na capital à candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), ao governo do Paraná em 2014. Segundo o gestor, em nível nacional, o partido deve optar se aliança com o Partido dos Trabalhadores e apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT), que tentará a reeleição. Fruet disse, ainda, que, para o Senado, o PDT apoiará o ex-senador Osmar Dias.

Em relação às questões administrativas, um dos principais pontos abordados na entrevista concedida ao jornal Valor Econômico foi a possibilidade de redução das tarifas de ônibus em 12%. Questionado sobre se esta diminuição no preço das passagens seria viável, o prefeito foi taxativo: "Não. Agora não, nós já reduzimos este ano e foi a primeira vez na história que houve redução na tarifa técnica. Isso é possível desde que haja alternativa de financiamento".

Leia mais na edição do Valor.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247