Gleisi: aprovação de Lula cresceu após prisão

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, usou sua conta no Twitter para comemorar o resultado da pesquisa Ipsos, que aponta a liderança absoluta do ex-presidente Lula na disputa pelo Planalto, sendo o  candidato mais aprovado (45%) e menos reprovado (52%) pelo eleitorado; "Lula é o candidato com menor taxa de desaprovação e maior de aprovação. Aliás, maior q a de seu algoz Sérgio Moro! A aprovação de Lula cresceu após prisão. E tem os q querem q abandonemos a candidatura de Lula", postou

Gleisi e Lula no congresso nacional do PT
Gleisi e Lula no congresso nacional do PT (Foto: Paulo Emílio)

247 - A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, usou sua conta o Twitter para comemorar o resultado da pesquisa Ipsos, divulgada nesta sexta-feira (25) que aponta a liderança absoluta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa pelo Planalto. Pesquisa mostra que Lula é o candidato mais aprovado (45% contra 42% na anterior) e menos reprovado (52% contra 54% na anterior).

"Pesquisa da Ipsos publicada hj, discretamente, pelo Estadão mostra q Lula é o candidato com menor taxa de desaprovação e maior de aprovação. Aliás, maior q a de seu algoz Sérgio Moro! A aprovação de Lula cresceu após prisão. E tem os q querem q abandonemos a candidatura de Lula", escreveu Gleisi.

Sérgio Moro, responsável pela sentença que resultou na prisão do ex-presidente Lula, que em maio de 2016, dezembro de 2016 e janeiro e maio de 2017 teve as menores taxas de rejeição (22%) viu este apoio despencar. Nos últimos 12 meses, sua desaprovação mais que dobrou e chegou a 53% em dezembro de 2017. Atualmente este índice está em 50% , segundo o levantamento feito pelo Ipos.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247