Gleisi critica solução de Bolsonaro para a Rocinha: e o povo que vive lá? Não tem importância?

A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou o posicionamento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que defendeu um tiroteio na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para resolver o problema da violência; "Bolsonaro diz que vai metralhar a Rocinha e é aplaudido em pé pelos operadores do mercado financeiro?! E o povo, trabalhadores, mulheres, jovens e crianças que vivem lá? Não tem importância?! Já vimos este filme na história da humanidade. Vá de retro...", escreveu a petista em sua conta no Twitter

A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou o posicionamento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que defendeu um tiroteio na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para resolver o problema da violência; "Bolsonaro diz que vai metralhar a Rocinha e é aplaudido em pé pelos operadores do mercado financeiro?! E o povo, trabalhadores, mulheres, jovens e crianças que vivem lá? Não tem importância?! Já vimos este filme na história da humanidade. Vá de retro...", escreveu a petista em sua conta no Twitter
A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou o posicionamento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que defendeu um tiroteio na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para resolver o problema da violência; "Bolsonaro diz que vai metralhar a Rocinha e é aplaudido em pé pelos operadores do mercado financeiro?! E o povo, trabalhadores, mulheres, jovens e crianças que vivem lá? Não tem importância?! Já vimos este filme na história da humanidade. Vá de retro...", escreveu a petista em sua conta no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou o posicionamento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que defendeu um tiroteio na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para resolver o problema da violência.

"Bolsonaro diz que vai metralhar a Rocinha e é aplaudido em pé pelos operadores do mercado financeiro?! E o povo, trabalhadores, mulheres, jovens e crianças que vivem lá? Não tem importância?! Já vimos este filme na história da humanidade. Vá de retro...", escreveu a petista em sua conta no Twitter.

Para uma plateia de mil executivos em evento promovido pelo banco BTG Pactual, o parlamentar afirmou que mandaria um helicóptero derramar milhares de folhetos sobre a favela, avisando que daria um prazo de seis horas para os bandidos se entregarem, de acordo com o colunista Lauro Jardim. Findo este tempo, se a bandidagem continuasse escondida, metralharia a Rocinha. Sinal dos tempos, foi aplaudido pelo público.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247