Gleisi iguala propina da Globo à de Aécio

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, igualou os casos da Globo e do senador Aécio Neves (PSDB-MG) — ambos envoltos com propinas; “Reflexão do dia: Globo e Aécio, qualquer semelhança não é mera coincidência!”, disse a petista

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, igualou os casos da Globo e do senador Aécio Neves (PSDB-MG) — ambos envoltos com propinas; “Reflexão do dia: Globo e Aécio, qualquer semelhança não é mera coincidência!”, disse a petista
A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, igualou os casos da Globo e do senador Aécio Neves (PSDB-MG) — ambos envoltos com propinas; “Reflexão do dia: Globo e Aécio, qualquer semelhança não é mera coincidência!”, disse a petista (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, pelo Twitter, igualou nesta quinta-feira (16) os casos da Globo e do senador Aécio Neves (PSDB-MG) — ambos envoltos com propinas e propinodutos.

“Reflexão do dia: Globo e Aécio, qualquer semelhança não é mera coincidência!”, espezinhou a senadora petista.

site oficial do PT também fez questão de destacar o envolvimento da Globo com propinas, cuja investigação ainda está restrita aos Estados Unidos. Até agora a Polícia Federal do Brasil ‘não se coçou’ para indiciar donos e executivos da emissora.

“Os bravos delegados da PF repetirão com os executivos da Globo que fizeram com o reitor da UFSC?”, também questionou o jornalista Luís Nassif, mostrando o ânimo não só de petistas nas redes sociais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247