Gleisi: Moro fugiu e agora será convocado

Deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann critica o cancelamento da ida à Câmara pelo ministro, marcada para o dia 26, quando ele estará nos EUA. E anuncia que agora a estratégia será convocá-lo, quando terá a obrigação de comparecer

Brasília- DF. 11-04-2019-   Deputada Gleisi Hoffmann durante discurso. Foto Lula Marques
Brasília- DF. 11-04-2019- Deputada Gleisi Hoffmann durante discurso. Foto Lula Marques (Foto: Lula Marques)

247 - A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou o cancelamento do ministro da Justiça, Sérgio Moro, de sua ida à Câmara, marcada para o dia 26. Na ocasião, Moro seria questionado pelos deputados sobre os vazamentos do site The Intercept.

O Ministério da Justiça não explicou o motivo da ausência nem propôs nova data, mas neste dia, conforme informou a pasta neste final de semana, Moro estará cumprindo agenda nos Estados Unidos, onde visitará agências de monitoramento.

Pelo Twitter, Gleisi disse que Moro fugiu e anunciou que agora a estratégia será convocá-lo, não mais convidá-lo. A convocação, diferente do convite, força o convocado a comparecer.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247